fbpx

Alopecia de tração: o que é? Como tratar?

  Por Brenda Archanjo

Sabemos que, na sociedade em que vivemos, nós, mulheres, temos que estar impecáveis: pele hidratada, saudável e sem acnes; vestindo roupas estilosas e da moda; apresentando determinado peso e, claro, com fios de cabelo brilhosos, macios e hidratados.

Entretanto, sabemos também que, devido à rotina agitada e/ou outros motivos, nem sempre temos tempo e paciência para arrumar as madeixas diariamente.

Sendo assim, buscando praticidade, muitas mulheres alisam os fios.

Essa ação é, de fato, eficiente, mas, a longo prazo, o uso de produtos químicos e ferramentas de calor podem provocar diversos problemas capilares, sendo um deles a alopecia de tração.

Mas o que, de fato, é alopecia de tração? Quais fatores são determinantes para essa condição e qual a melhor forma de trata-la?

Então, caso queira saber mais, acompanhe a leitura!

Hidrofobia capilar: entenda o fenômeno que afeta a BBB Jessilane e saiba como tratar

O que é alopecia de tração?

A alopecia de tração é um problema capilar que consiste, como próprio nome já sugere, na perda de cabelo proveniente de uma tração prolongada, repetitiva e frequente dos fios.

Diante disso, essa condição pode afetar qualquer pessoa: crianças ou adultos.

Entretanto, geralmente, as mulheres negras são as mais acometidas devido ao uso de penteados, tranças apertadas e dreadlocks.

Mulheres, independentemente da cor da pele, que usam e abusam dos coques de bailarina, “rabos” de cavalo e dos extensores capilares também são grupos suscetíveis à essa condição. Sendo assim, a combinação alopecia por tração e megahair é uma realidade para muitas delas.

Além disso, a utilização de produtos químicos, conhecidos como alisantes ou permanentes, tais quais a escova progressiva, aumenta o risco de desenvolver essa condição.

Isso porque esses métodos capilares deixam os fios mais frágeis o que, consequentemente, contribui para a queda.

A alopecia de tração pode ser classificada de duas formas.

Uma delas é a crônica que é causada pela tensão frequente nos folículos capilares devido aos determinados estilos de cabelo que foram citados acima.

A alopecia de tração aguda, por sua vez, acontece, principalmente, quando os fios de cabelo são arrancados de forma repentina após uma lesão traumática.

Sintomas da alopecia de tração

Apesar de serem diferentes, ambos os tipos apresentam sintomas que vão além da queda capilar. Os principais sinais são:

  • Enfraquecimento dos fios
  • Fios quebradiços
  • Coceira no couro cabeludo
  • Inflamação ou vermelhidão do couro cabeludo
  • Formação de protuberâncias vermelhas na região do couro cabeludo
  • Descamação do couro cabeludo

As falhas nos fios geralmente acontecem na região da coroa ou na área frontal, ou seja na testa.

Sendo assim, infelizmente, nem sempre é possível esconder os “buracos” que se formam por conta da queda de cabelo.

Embora não seja um problema fatal, perigoso ou permanente, a alopecia de tração faz com que a autoestima da mulher seja afetada drasticamente.

Assim, a qualidade de vida de quem sofre com essa condição também é atingida. Por isso, nesses casos, buscar tratamento é essencial.

Como tratar a alopecia de tração?

Tratamento caseiro para alopecia por tração

Apesar do desenvolvimento da ciência e da indústria farmacêutica, muitas pessoas ainda preferem optar por tratamentos caseiros.

Sendo assim, na internet, há uma infinidade deles.

Um deles é o uso de óleos essenciais, como o de bardana.

Esta substância, por sua vez, promete um efeito antiqueda o que, consequentemente, faz com que os fios de cabelo fiquem mais fortalecidos e tonificados.

Além disso, ele também é utilizado para acalmar o couro cabeludo.

No entanto, é importante ter cuidado com o tratamento caseiro para alopecia por tração.

Dessa maneira, ressaltamos o quão fundamental é buscar ajuda profissional.

Tratamentos não caseiros para alopecia de tração

O tratamento para alopecia de tração é fundamental para que a queda capilar seja, de fato, interrompida.

Assim, quanto mais cedo procurar ajuda profissional, mais chance de reverter o problema se tem.

Normalmente, a forma de tratar a alopecia de tração prescrita pelos médicos corresponde, principalmente, ao uso de substâncias medicamentosas e/ou procedimentos como:

  • Medicamentos
  • Shampoos antiqueda
  • Loções e cremes
  • LEDterapia
  • Transplante capilar

A realização dos dois últimos métodos, geralmente, é liberada, pelo dermatologista, após a execução de um tratamento clinico, principalmente com o Minoxidil.

Tratamento com Minoxidil para alopecia por tração

Minoxidil é indicado para casos de alopecia, pois essa substância atua no aumento da calibração dos vasos sanguíneos.

Isso faz com que a circulação sanguínea na região em que fora aplicada melhore e, com isso, prolongue a fase de crescimento capilar.

Assim como qualquer outro produto, o Minoxidil pode apresentar possíveis efeitos colaterais que, geralmente, são temporários. Os mais relatados consistem em:

  • Coceira
  • Descamação do couro cabeludo
  • Dermatite alérgica de contato
  • Exacerbação da perda de cabelo
  • Foliculite
  • Pele seca
  • Seborreia

Diante disso, essa solução farmacológica só pode ser prescrita após a realização de exames. Sendo assim, se consultar com um profissional (nesse caso, um dermatologista) é crucial para obter um tratamento eficiente e satisfatório.

Onde comprar Minoxidil?

A ação de comprar um medicamento deve ser feita com segurança. Dessa maneira, encontrar uma loja que te atenda bem e que te dê confiança que as substâncias desejadas são verdadeiras é essencial.

Então, indicamos que você entre o Minoxidil na Gigi Hair. Nesta loja virtual, você pode escolher as melhores marcas dessa solução para alopecia de tração bem como ganhar descontos e frete grátis.

Tudo sobre a touca de cetim para dormir!

E você, já passou ou conhece alguém que passou pela alopecia de tração?

Como foi a experiência?

Dúvida? Opinião? Escreva um comentário