fbpx

Transição capilar o que é? Como passar por ela?

  Por Brenda Archanjo

Se você está passando pela transição ou pensando em se jogar nesse mundo sem químicas e mais químicas que só danificam os nossos fios, deve estar com a cabeça a mil e cheia de dúvidas. Mas fica tranquila, estou aqui pra te ajudar.

Nesse post vou explicar tudo e um pouco mais sobre a transição capilar, e no final, separei várias diquinhas que vão te ajudar nesse processo tão delicado e especial.

Afinal, o que é transição capilar?

A transição é o processo de se desfazer das químicas que alteram a estrutura dos fios. O objetivo final é assumir o cabelo em sua melhor forma, natural, seja ele ondulado, crespo ou cacheado.

Apesar de parecer simples, a transição é algo muito mais difícil do que se imagina pois mexe diretamente com a autoestima, mas fica firme, te garanto que no final vai valer muito a pena!

Como se trata de uma transição, nesse processo os fios se encontram em diferentes texturas, a raiz começa a crescer e o comprimento do fio continua esticado devido aos produtos alisantes, o que dificulta arrumar as madeixas de um jeito satisfatório. É nesse período que muitas pessoas costumam desistir do processo.

Pra você não desistir, vou te dar uma dica. Seguir pessoas nas redes socias que estejam passando pela transição ajuda bastante nesse processo de aceitação.
Você não está sozinha, amiga!

Quanto tempo dura?

Acredito que essa seja a dúvida mais frequente de quem está vivendo esse processo.  A verdade é que não há um tempo exato de duração.
Muitas pessoas acreditam que a transição capilar termina quando é feito o big chop e as pontas alisadas são cortadas. Já outras acreditam que o período depois do big chop, enquanto o cabelo cresce, também faz parte da transição.

É preciso ter paciência, o cabelo não cresce do dia pra noite.

Segundo médicos e dermatologistas, o tempo de crescimento do fio é determinado geneticamente. Vários fatores podem influenciar na velocidade de crescimento dos cabelos, como a idade, característica dos fios, químicas realizadas e condição nutricional da pessoa.

Outra coisa que influencia também é o formato do fio, quanto mais fechado o cacho, mais demora para que ele demonstre comprimento

O que é big chop? Quando devo fazer?

O big chop, também chamado de BC, é um termo em inglês que significa o “grande corte”. O nome é dado para representar o ato de cortar toda parte que ainda possui química dos cabelos. Quando o big chop é feito, a pessoa finalmente fica com a sua textura natural por todo o fio, e por isso é um passo tão importante.

Algumas pessoas raspam os cabelos completamente para que cresçam naturais, o que evita ter texturas diferentes no cabelo, e outras vão esperando os fios crescerem enquanto cortam, aos poucos, as partes lisas.

Independe do método escolhido para o BC, esse pode ser um momento delicado para a grande maioria, principalmente para quem ainda está em processo de aceitação e reconhecimento de seu cabelo natural. Por isso, não tenha pressa! O BC pode ser feito a qualquer momento, portanto, faça somente quando estiver se sentindo pronta e segura.

Aqui vão algumas diquinhas para você que está passando pela transição. Confira!

Invista no cronograma capilar!

É muito importante hidratar e nutrir o cabelo para que a raiz cresça saudável e forte, e assim, proporcione um cabelo impecável e de causar inveja hahaha.
O cronograma voltado para cabelos em transição vai cuidar de fornecer aos seus fios tudo que eles precisam para crescerem saudáveis, macios e brilhosos.

Modele os cachos

Modelar os cachos ajuda a disfarças duplas texturas nos fios, além de nos dar uma préviazinha da maravilha que será ter o nosso cabelo natural. No começo pode exigir mais tempo do que você gostaria, mas aos poucos você vai pegando a prática.

Aqui vão algumas técnicas:

Dedoliss: é um processo simples de enrolar o cabelo nos dedos, mecha por mecha, depois da aplicação dos produtos para a finalização.

Bigudinho: é um acessório para os cabelos como se fosse um canudo, normalmente feito de borracha. Assim como o dedoliss, você aplica os produtos usados para a finalização e separa mecha por mecha para enrolar no bigudinho. Aguarde algumas horas para formar os cachos e estará pronto.

Fitagem: uma das mais utilizadas e mais fáceis de fazer. A fitagem consiste na aplicação dos produtos usados para finalização, feito isso, basta passar os dedos abertos no cabelo, abrindo as mechas. Depois disso é só amassar bem as mechas contra o couro cabeludo usando as mãos ou uma toalha.

Use e abuse dos penteados e acessórios

Naqueles dias em que você estiver sem vontade e tempo para cachear o cabelo, ou simplesmente está enjoada de se ver da mesma forma, recorra à criatividade e faça penteados diferentes. Para quem quer esconder a diferença de texturas, experimente usar coques ou trançar os fios. Outra opção são os acessórios como faixas, lenços e turbantes, que esconderão o volume no topo da cabeça.

Pra finalizar, lembre-se, a transição capilar acaba! E quando acabar… você nunca mais será a mesma. Não é só mudar de cabelo. É mudar o que sempre pensamos sobre nós mesmas. É dar oportunidade pra sermos o que talvez a vida inteira negamos. É desenvolver paciência. É arrumar força pra conseguir atingir um objetivo. É aprendizado. É amor próprio. Não desista! Aprenda e tire o melhor da transição.

 

Dúvida? Opinião? Escreva um comentário