fbpx

Top 4 melhores óleos vegetais para cabelo e como usar!

  Por Brenda Archanjo

Se tivéssemos que escolher nosso produto favorito de cuidado para o cabelo, seria praticamente impossível, mas o óleo para o cabelo definitivamente estaria lá.

Quer você aplique antes de entrar no chuveiro ou para ajudar a domar os cabelos crespos, uma coisa é certa: o óleo para o cabelo é muito versátil.

Você pode usar como um tratamento pré-shampoo, para dar um brilho leve e para ajudar a desembaraçar seu cabelo encaracolado.

Você já experimentou um óleo para cabelo? Se não, agora pode ser a hora de começar.

Os óleos para o cabelo são essenciais para o cabelo. Todos nós já ouvimos que os óleos são ótimos para a nossa pele e até mesmo para aliviar os níveis de estresse. Mas nem todo óleo é criado da mesma forma!

E nem todos os óleos são igualmente bons para todos os tipos de cabelo. Por isso que hoje, vamos lhe ensinar como usar o óleo de cabelo!

Os óleos são uns produtos naturais e versáteis derivados de árvores e são ótimos para melhorar a saúde do couro cabeludo e hidratar o cabelo.

Com o uso regular de óleos, seu cabelo pode ficar brilhante, sedoso e saudável. Mas com que frequência devo passar óleo no meu cabelo?

Esta é uma pergunta muito comum. As pessoas aplicam o óleo, mas de alguma forma as programações e reuniões diárias do escritório nos impedem de aplicá-lo com frequência.

Por isso, você vai ver aqui os melhores óleos para o cabelo e como aplicar eles.

Óleo de rícino

O óleo de mamona é um óleo vegetal extraído da mamona. Ele inclui uma mistura de triglicerídeos em que aproximadamente 90 por cento das cadeias de ácidos graxos são ricinoleato.

O óleo de rícino e seus derivados são usados na fabricação de sabonetes, lubrificantes, fluidos hidráulicos e de freio, tintas, corantes, revestimentos, plásticos resistentes ao frio, ceras e polidores, náilon, produtos farmacêuticos e perfumes.

Como usar óleo de rícino no cabelo: Não há maneira certa ou errada de aplicar óleo de rícino no cabelo, algumas pessoas gostam de deixá-lo durante a noite, enquanto outras gostam de massagear o couro cabeludo.

Frequência: Não há um padrão quanto à frequência com que você deve usar óleo de rícino, mas eu recomendo uma a duas vezes por semana por pelo menos três meses, já que normalmente deverá ser um tempo antes de você ver um novo cabelo chegando. Se depois de três meses você ainda não está vendo uma mudança significativa, pelo menos, você terá cabelos hidratados e brilhantes.

Tipo de cabelo: Só para lembrar, o óleo de rícino preto jamaicano é melhor para os fios grossos, então é melhor para qualquer pessoa com cabelo denso ou áspero, enquanto o óleo de rícino prensado a frio regular é ótimo para tipos de cabelo mais finos.

Seus benefícios: ele é um poderoso laxante, um hidratante natural, promove a cicatrização de feridas, efeitos anti-inflamatórios impressionantes, reduz acne, combate os fungos e mantém seu cabelo e couro cabeludo saudáveis.

Como aplicar

  • Separe o cabelo em partes.
  • Seque seu cabelo.
  • Aplique óleo de rícino.
  • Espalhe o óleo.
  • Coloque uma touca de banho sobre o cabelo.
  • Enxágue o cabelo.

 Clique aqui para comprar o óleo de Ricíno.

Óleo de coco extravirgem

O óleo de coco (ou manteiga de coco) é um óleo vegetal derivado dos grãos, da carne e do leite do coco e das frutas. Tem altos níveis de gordura saturada, fazendo com que algumas autoridades de saúde recomendem limitar o consumo de óleo de coco como alimento.

A Copra é prensada ou dissolvida com solventes, produzindo o óleo de coco e um purê rico em proteínas e fibras.

Como usar óleo de coco no cabelo: Como condicionador, para desembaraçar o cabelo pós-lavagem, como máscara de cabelo, como protetor de cabelo pré-lavagem, como um tratamento para o couro cabeludo.

Ele pode ser usado regularmente ou de vez em quando (dependendo do seu tipo de cabelo) para proporcionar um cabelo bonito, saudável e brilhante.

Frequência: Como os cabelos crespos são mais propensos ao ressecamento e já que a oleosidade do couro cabeludo tem dificuldade de chegar às pontas, a umectação capilar é mais comum entre as donas desses tipos de cabelo. Mas, como cada um tem suas peculiaridades e necessidades diferentes, a frequência ideal para apostar na técnica acaba variando.

Seus benefícios: Promove o crescimento do cabelo, é um condicionador profundo do cabelo, protege o cabelo de danos, reduz a perda de proteína no cabelo, previne a caspa, é utilizado como pré-poo e desembaraça o cabelo.

Tipo de cabelo: Cabelo com textura encaracolada e fino / médio / grosso que é saudável pode se beneficiar do tratamento ocasional de pré-lavagem com óleo de coco.

Como aplicar:

  • Aquecer o óleo de coco.
  • Aplique o óleo de coco nos cabelos secos.
  • Deixe por 30 minutos – ou durante a noite.

Clique aqui para comprar o óleo de coco extravirgem.

Azeite de oliva extravirgem

O azeite é uma gordura líquida obtida a partir de azeitonas, produzida pela prensagem de azeitonas inteiras e extração do azeite. Ele também é usado em cosméticos, produtos farmacêuticos e sabonetes, e como combustível para lâmpadas de óleo tradicionais, e tem usos adicionais em algumas religiões. As oliveiras são cultivadas em todo o Mediterrâneo desde o 8º milênio a.c.

Como usar óleo de oliva no cabelo: Existem muitas sugestões online sobre como usar o azeite de oliva como parte de uma rotina de cuidados com os cabelos. A maioria das pessoas conseguirá usar azeite de oliva no cabelo com segurança e, portanto, pode valer a pena tentar alguns métodos diferentes para encontrar aquele que lhe parecer melhor.

Frequência: é recomendado o uso de azeite de oliva como óleo quente ou tratamento condicionador, aplicando-o uma vez por semana se você tingir o cabelo ou se tiver pontas secas e danificadas.

Seus benefícios: Mantém o cabelo saudável e pode ser usado como tratamento pré-shampoo. O azeite de oliva em sua rotina de cuidados com os cabelos pode reter a umidade na fibra capilar, o que ajuda na elasticidade e resulta em menos quebra.

A oleosidade no cabelo pode penetrar na mecha de cabelo e reduzir a quantidade de água que ele absorve, o que, por sua vez, diminui o encolhimento e o frizz.

Como aplicar:

  • Separe uma pequena quantidade de azeite para usar no cabelo.
  • Aplique o óleo no cabelo.
  • Massageie o óleo em seu cabelo e couro cabeludo.
  • Deixe o óleo descansar por 15-30 minutos.
  • Enxágue seu cabelo.

 

Óleo de alecrim

O alecrim é um arbusto perene com folhas semelhantes a agulhas e um aroma amadeirado. O óleo essencial de alecrim, que contém os componentes principais da planta, ou essência, é extraído e vendido em pequenas garrafas.

Devido aos óleos de alecrim usados na medicina popular, muitos cientistas estão testando seus benefícios potenciais para a saúde. O alecrim também foi muito presente nas culturas egípcia, hebraica e romana.

Como usar óleo de alecrim: A maneira mais fácil de usar óleo de alecrim é experimentar um shampoo com alta concentração de óleo de alecrim.

Basta adicionar 10-12 gotas de óleo de alecrim a um shampoo e lavar o cabelo diariamente. Para fazer uma solução de óleo de alecrim, as pessoas podem tentar diluir uma gota ou duas de óleo de alecrim em um óleo carreador e, em seguida, aplicá-lo no couro cabeludo durante a noite.

Frequência: O óleo de alecrim é mais eficaz para a restauração capilar quando usado de forma consistente por pelo menos 6 meses. Você também pode usar os tratamentos no mínimo 1 a 2 vezes por semana.

Seus benefícios: Desestimula a perda de cabelo e aumenta o crescimento, suaviza e condiciona o cabelo, aumenta a espessura e plenitude do cabelo, neutraliza quaisquer infecções de pele que podem levar à queda de cabelo, ajuda a acelerar o crescimento do cabelo, previne o envelhecimento prematuro, ajuda a prevenir o desgaste e queda de cabelo devido ao envelhecimento ou condições hormonais.

Como aplicar:

  • Comece com o cabelo seco.
  • Ferva a água quente e despeje em uma tigela pequena.
  • Meça o óleo de coco e o óleo de alecrim e coloque na jarra.
  • A água quente deve ser suficiente para derreter o óleo de coco.
  • Agite a garrafa para garantir que os dois óleos quentes se misturem bem.
  • Despeje algumas gotas na parte de trás do seu pulso para garantir que não esteja muito quente para o seu couro cabeludo.
  • Despeje algumas gotas de óleo nas palmas das mãos.
  • Massageie o óleo no couro cabeludo por 2 minutos.
  • Descanse por 30 minutos enquanto o óleo de alecrim faz seu trabalho.
  • Enxague e lave com xampu e condicionador. Finalize como de costume.

Clique aqui para comprar o óleo de alecrim.

Dúvida? Opinião? Escreva um comentário