fbpx

Porque meu cabelo não cresce?

  Por Brenda Archanjo

Poucas coisas são mais frustrantes para uma mulher do que esperar ansiosamente pelo crescimento dos fios, mas não ver isso acontecendo mesmo após meses.

Seja porque você odiou o corte de cabelo novo ou porque quer ter cabelo suficiente para fazer algum penteado específico, fato é que você com certeza já ficou ansiosa esperando os fios crescerem novamente.

De fato, a ansiedade e impaciência podem iludir um pouco e nos levar a crer que nossos cabelos não crescem de jeito nenhum – quando na verdade eles estão, mas você não consegue perceber por estar muito focada nisso.

Mas muitas mulheres realmente não conseguem mais ver seus fios crescendo. Estar numa situação dessas pode ser desesperador para qualquer uma, principalmente aquelas que dependem do cabelo para que possam manter suas autoestimas elevadas.

Muitos fatores podem contribuir para que os cabelos parem de crescer. Alguns podem ser facilmente resolvidos com pequenas mudanças de hábito, enquanto outros não são tão simples assim e necessitam da ajuda de um profissional especializado.

Hoje você vai conhecer os fatores que podem impedir seu cabelo de crescer e descobrir o que pode ser feito para contornar essa situação. Se ficou interessada, é só continuar a leitura!

O que impede o cabelo de crescer?

Genética

O histórico familiar e a genética desempenham um papel fundamental na perda de cabelo, tanto para homens quanto para mulheres.

Em média, a maioria dos cabelos cresce cerca de meia polegada por mês, mas isso pode variar bastante e algumas mulheres podem ganhar menos que isso a cada mês.

Isso significa que se você ganhou na loteria da genética, provavelmente não terá que recorrer a procedimentos, produtos e receitas caseiras para estimular o crescimento capilar.

Agora, se esse não é o seu caso, se quiser ter um cabelo maior será preciso recorrer a certas alternativas.

Efeito shedding

O efeito shedding, apesar de ser muito temido, é um processo extremamente natural e necessário pelo qual nossos folículos capilares precisam passar.

Todo mundo muda de cabelo! A queda do cabelo é completamente normal e natural. O cabelo velho é removido para que um novo cresça. Mesmo o couro cabeludo mais saudável perde até 150 fios de cabelo por dia.

Quando a queda de cabelo começa a ocorrer mais rápido do que o crescimento do cabelo, aí sim podemos considerar essa uma queda excessiva, que provavelmente está sendo causada por outro fator.

Idade

Assim como a genética, a idade também pode explicar o fato do seu cabelo não crescer mais. A idade afeta o crescimento do cabelo porque o ciclo de crescimento dos fios fica mais curto conforme você envelhece.

Além disso, com o avanço da idade, seu cabelo tende a ficar mais fraco por causa de tudo o que você fez ao longo da vida, como descolorações, tinturas, alisamentos, escovas, etc.

Seu ciclo original de seis anos se transforma em um ciclo de dois, tornando o cabelo mais fino e incapaz de crescer além de um certo ponto.

Estresse

O cortisol, hormônio produzido em momentos de estresse, pode afetar quase tudo sobre nossa saúde, incluindo nossa aparência.

O estresse emocional e físico está relacionado à perda de cabelo e a uma diminuição geral na qualidade dos fios. Se estressar com frequência é prejudicial ao crescimento do cabelo, pois restringe o ciclo de crescimento.

Sendo assim, evitar situações estressantes e fazer atividades relaxantes estresse não só melhorará sua saúde mental e qualidade de vida, mas também poderá fazer maravilhas pela saúde do seu cabelo.

Sabemos que o mundo está cada vez mais corrido e as 24 horas do dia parecem não ser suficientes, mas é muito importante reservar um momento dele para tratar os fios corretamente.

Não cuidar dos fios

Uma rotina inadequada de cuidados com os cabelos é uma maneira infalível de garantir que seu cabelo não irá crescer além de um determinado comprimento.

Secar o cabelo com uma toalha, usar produto demais ou de menos, escovar os fios agressivamente, lavar o cabelo com água extremamente quente, etc., são hábitos que podem levar à quebra e, portanto, impedem o crescimento do cabelo.

Para construir uma boa rotina de cuidados com os fios, você deverá entender seu cabelo e também procurar entender o que faz bem – e o que faz mal para ele.

Seu objetivo final é manter seu cabelo o mais feliz e saudável possível para que ele cresça e possa manter qualquer comprimento.

Pontas duplas

As pontas duplas são as maiores vilãs dos cabelos femininos. Todas nós já tivemos que lidar com elas em algum momento. São literalmente pontas de cabelo que se dividiram em dois (às vezes até três) devido ao cabelo não receber nutrientes suficientes para viver uma vida longa e saudável.

Como resultado, a divisão no cabelo aumenta cada vez mais, resultando na quebra das pontas. Portanto, embora seu cabelo possa estar crescendo da raiz, ele está simultaneamente se soltando da parte inferior, fazendo parecer que seu cabelo não cresce de jeito nenhum.

Depois que as pontas duplas ocorrem, não é possível desfazê-las. A única coisa que você pode fazer é elimina-las e evitá-las no futuro. Deixar pontas duplas no cabelo só fará com que se partam ainda mais, levando a mais quebra do cabelo e a um ciclo vicioso sem crescimento do capilar.

Má alimentação

Como dizem os velhos ditados, “você é o que você come” e “a beleza vem de dentro”.

Sabe aquela espinha horrorosa que apareceu um dia depois de você se encher de gorduras? Então: a sua dieta afeta tanto a saúde dos seus fios quanto afeta a saúde da sua pele.

Uma dieta saudável e rica em vitaminas significa nutrição extra para o couro cabeludo, o que resulta em cabelos fortes, longos e bonitos. Ferro, vitamina D, complexo B e zinco são ideais para cabelos saudáveis.

O ferro pode ser encontrado naturalmente em ovos, espinafre e frango, enquanto salmão, cogumelos e luz do sol natural são ótimas fontes naturais de vitamina D.

O complexo B inclui biotina, niacina e cobalamina, que dão ao cabelo espessura e brilho – abacates, legumes, ovos e grãos inteiros são uma ótima fonte para eles. Por fim, aposte nas sementes abóbora, carne de cordeiro e peru para uma dose extra de zinco.

Como fazer meu cabelo crescer? O que posso fazer ou usar?

Primeiro, é muito importante que todos os fatores citados anteriormente possam ser descartados. Com exceção da genética e da idade, tudo que nós citamos pode e deve ser evitado.

Caso seu cabelo não cresça mesmos após mudanças de hábito, então é hora de apostar em alternativas para estimular o crescimento dos fios.

Experimente tomar um multivitamínico

Como já foi dito anteriormente, manter uma alimentação saudável e balanceada é muito importante para que os fios se mantenham resistentes e cresçam.

Infelizmente, nem todos conseguem fazer a reposição dos nutrientes necessários através da alimentação. Mas isso não é motivo para continuar com o crescimento do cabelo estagnado – um suplemento multivitamínico pode ajudar a repor esses nutrientes.

Dessa maneira, você garante que seus fios se mantenham nutridos e saudáveis, o que certamente os deixará mais fortes e estimulará o crescimento.

Faça uma massagem com óleo de rícino

O óleo de rícino, além de estimular o crescimento dos fios, possui ação antibactericida, que evita o surgimento de caspas e infecções no couro cabeludo, ação hidratante, e ainda é rico em ômega 6 e vitamina E, entre outros nutrientes.

Para estimular o crescimento capilar com óleo de rícino, basta aplica-lo no couro cabeludo e ir espalhando pelo comprimento dos fios. Faça uma massagem para que o óleo possa penetrar e agir no couro cabeludo mais facilmente.

Depois, basta pôr uma touca ou algo que isole sua cabeça por 15 minutos e aquecer com a ajuda de um secador. Após isso, é só enxaguar para retirar todo o óleo de rícino do couro cabeludo e dos fios.

Estimule o crescimento capilar com Minoxidil para mulheres

Caso nada tenha dado certo com você – nem mudar os hábitos, nem a suplementação de nutrientes, nem a massagem com óleo de rícino, seu problema exige medidas mais “drásticas”.

Mas calma! Isso não significa que você terá que recorrer a processamentos e tratamentos invasivos – apenas que um produto mais eficaz e potente deverá entrar em cena – o Minoxidil.

O Minoxidil é muito utilizado no tratamento da calvície masculina há décadas, mas o que nem todos sabem é que esse vasodilatador também é uma ótima alternativa para as mulheres que querem estimular o crescimento capilar.

A única diferença entre a aplicação no cabelo masculino para o feminino é que as mulheres devem utilizar o Minoxidil 5% apenas uma vez ao dia, pois é o suficiente.

Tanto a versão em loção quanto a em espuma são super práticas de serem aplicadas. A loção geralmente vem acompanhada de um aplicador em formato de conta-gotas que facilita a aplicação.

Basta 1mL pela manhã após o banho todos os dias e em menos de 3 meses seu cabelo começará a crescer!

Caso você opte pela versão em espuma do Minoxidil, basta aplicar a quantidade que seja o suficiente para umedecer todo o seu couro cabeludo com o produto. Também, apenas uma vez ao dia pela manhã diariamente.

É importante ter em mente que o Minoxidil deve ser aplicado todos os dias. Interromper o tratamento com o produto implica na perda dos resultados obtidos.

Além disso, por volta dos 3 meses de tratamento, é muito provável que você experiencie a queda de alguns fios de cabelo, mas não há motivos para se desesperar – isso é completamente natural e necessário.

Seus fios antigos, fracos e quebradiços precisam ir embora para darem lugar aos fios novos mais fortes e resistentes que virão!

Adquira já o seu Minoxidil e diga olá ao seu novo cabelo de Rapunzel!

Você pode adquirir seu Minoxidil aqui com toda a qualidade, segurança e originalidade garantidas!

Dúvida? Opinião? Escreva um comentário