fbpx

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL!

Como prevenir e tratar queda de cabelo na menopausa?

Você, muito provavelmente, já ouviu algum indivíduo do gênero feminino – sendo este, conhecido ou não – falando que ser mulher é difícil.

Esse desabafo acontece, muitas vezes, em tom de reclamação e corresponde aos empecilhos sociais bem como as mudanças biológicas.

Essas transformações no nosso corpo acontecem durante a adolescência: época em que as mamas começam a desenvolver-se, menarca que, por sua vez, consiste na primeira menstruação, surgimento dos pelos e o desenvolvimento de órgãos genitais.

Sendo assim, os hormônios e as alterações dos níveis deles estão sempre acompanhando as mulheres.

Logo, as mudanças corporais, durante o período da menopausa, continuam acontecendo e, infelizmente, interferem na autoestima da mulher.

Um desses sinais é a queda de cabelo.

Após sabermos disso, decidimos explicar melhor sobre o assunto e tirar as possíveis dúvidas sobre como prevenir e como tratar a queda capilar durante a menopausa. Vamos juntas?

Anemia causa queda de cabelo? Como tratar?

Menopausa: o que é?

A menopausa é o nome dado à última menstruação da mulher.

Sendo assim, esse evento, que é fisiológico e normal, marca o fim da fase reprodutiva da vida dos indivíduos do gênero feminino.

Além disso, a menopausa acontece, geralmente, entre os 45 e 55 anos de idade.

Diante disso, os ovários, as glândulas reprodutivas femininas, param de produzir o estrogênio e a progesterona, ambos hormônios são fundamentais para o ciclo menstrual.

Assim, esse período da vida da mulher recebe o nome de climatério.

Este, por sua vez, é caracterizado pelo aparecimento de sintomas que incomodam e afetam a vida das mulheres de forma geral.

Esses sinais são, muitas vezes, semelhantes aos da TPM (tensão pré-menstrual), mas que ocorrem de forma mais intensa e prolongada. Estes são:

  • Sensação de inchaço no corpo e nas mamas
  • Dores fortes de cabeça
  • Enxaqueca
  • Alterações na pele
  • Dor e pressa para urinar
  • Ressecamento vaginal
  • Infecções urinárias e ginecológicas
  • Irregularidades dos ciclos menstruais
  • Ondas de calor
  • Perda de massa óssea
  • Alterações na distribuição da gordura do corpo
  • Aumento da possibilidade de doenças cardiovasculares
  • Maior irritabilidade
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Perda de memória
  • Insônia
  • Palpitações
  • Diminuição da libido
  • Redução na capacidade de concentração

Além desses sintomas, a queda de cabelo durante a menopausa também é um sinal relatado por muitas mulheres.

Esse fato, obviamente, afeta a autoestima feminina e, consequentemente, acomete a qualidade de vida delas.

Queda de cabelo durante a menopausa: por quê acontece?

A calvície, também chamada de alopecia androgenética, é causada, principalmente, pelos efeitos dos hormônios andrógenos masculinos, a testosterona e a di-hidrotestosterona.

Estes estão em pequena quantidade no organismo feminino durante os anos férteis.

O período da menopausa, por sua vez, faz com que os hormônios se alterem: há uma diminuição significativa na produção de estrogênio e progesterona.

Ambas as substâncias estão atreladas aos feitos positivos do cabelo: o estrógeno é capaz de prolongar a fase de crescimento dos fios.

Esta fase é chamada de anágena. Além desse feito, o estrógeno também contribui para uma melhora no aspecto da pele e do cabelo.

Assim, quando a produção dessa substância é diminuída, os níveis do estrógeno no organismo também ficam reduzida.

Isso faz com que haja o aumento da queda e da progressão da rarefação capilar, que consiste na diminuição da volumetria dos fios.

Dessa maneira, há uma menor vascularização na região do couro cabeludo o que, consequentemente, faz com que haja menos crescimento dos fios.

A progesterona, por sua vez, também tem um efeito protetor para o cabelo: essa substância atua reduzindo a ação e os efeitos dos hormônios masculinos já que age como um anti-andrógeno atuando, assim, contra a calvície.

Poucos níveis, a queda de cabelo acontece.

Após essas considerações, muitas mulheres se questionam se a reposição hormonal é uma boa ideia para evitar a queda capilar.

No entanto, esse método não é indicado para a calvície em mulheres durante ou após a menopausa. Então, o que pode ser feito?

Queda de cabelo na menopausa: como tratar?

O problema da calvície afeta e ainda vai afetar muitas mulheres durante a vida.

Dessa maneira, procurar o tratamento ideal para interromper esse quadro e faz com que os fios cresçam mais rapidamente é uma ótima ideia para melhorar a autoestima e, com isso, a qualidade de vida.

Sendo assim, as mulheres precisam manter uma alimentação saudável, reduzir os níveis de estresse e, claro, evitar determinados procedimentos químicos no cabelo: evitar relaxamentos, técnicas de coloração, uso de pranchas e secadores bem como penteados apertados.

Isso, claro, durante a menopausa. Tais cuidados podem faz com que os fios não caiam com tanta facilidade.

Mas, para além disso, o uso do Minoxidil, é um dos tratamentos mais bem quistos por mulheres nesse período de alterações hormonais.

Pode usar Minoxidil durante a menopausa?

Minoxidil é uma solução estimulante recomendada para tratar e prevenir casos de alopecia androgenética, a calvície.

Essa indicação acontece porque a substância em questão aumenta o calibre dos vasos sanguíneos o que melhora a circulação sanguínea da região capilar.

Sendo assim, os fios nascem e crescem de forma saudável e rápida visto que essas fases ficam mais intensas com o Minoxidil.

Diante disso, é possível dizer que essa substância pode ser usada durante a menopausa, pois não mexe e nem altera as taxas hormonais das mulheres.

Embora os feitos sejam bem positivos e satisfatórios, o Minoxidil pode provocar possíveis efeitos colaterais. Os principais relatados são:

  • Cabelo ressecado
  • Coceira
  • Irritação
  • Vermelhidão

Portanto, salientamos a importância do uso do Minoxidil – seja durante a menopausa ou não – sob prescrição, orientação e acompanhamento médico.

Alopecia feminina: o que é? Por que afeta as mulheres?

Você já usou Minoxidil durante a menopausa?

Como foi a experiência?

 Fontes: [1] [2] [3] [4]

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!!

FRETE GRÁTIS PARA TODO BRASIL

GIGI HAIR

VÍDEOS

CLIQUE E SE INSCREVA

POSTS MAIS LIDOS