Minoxidil – Saiba tudo, o guia completo

  Por Jessika Franco

Após ser usado no tratamento de hipertensão, grande porcentagem dos homens notaram um crescimento considerável de cabelos no couro cabelo e em outras partes do corpo.

A partir deste resultado secundário, estudos foram desenvolvidos para descobrirem qual componente de sua fórmula age no crescimento capilar, mas até hoje não há resultados que expliquem essa ação.

A questão é que o Minoxidil parece aumentar o tamanho dos folículos e aumentar o crescimento dos fios, sendo recomendado para tratamento de alopecia e queda de cabelo.

Onde comprar Minoxidil? Quanto custa?

minoxidil-funciona-mesmo

É possível encontrá-lo manipulado ou em laboratórios consagrados.

A forma mais segura de comprar online, com rapidez na entrega e confiança no profissional que o fez, recomendamos a farmácia Eficácia aqui para comprar o manipulado. Para comprar a versão comercial, a farmácia Onofre aqui também vende.

Suas versões mais famosas e importadas são das marcas Rogaine e Kirkland. Não existe o Minoxidil original de determinada marca ou laboratório, basta comprar de lojas virtuais seguras como as de cima.

Cuidado para não comprar falso de lugares suspeitos.

Comprar Minoxidil manipulado

botao-eficacia

Comprar Aloxidil

botao-onofre-drogaria

Preço

O valor varia de 20 a 200 reais, dependendo da concentração, do método de aplicação, duração do tratamento, quantidade do produto, entre outras questões.

Como usar Minoxidil?

como-usar-minoxidil

O Minoxidil pode ser encontrado em comprimidos ou em tônicos, cremes, loções e gel para aplicação direta.

O desenvolvimento dos tônicos apareceram por conta das pessoas que procuram o medicamento para a queda de cabelo. Os comprimidos impactam todo o organismo. Ou seja, se você não tem hipertensão, no qual foi inicialmente desenvolvido, ele pode causar sérios problemas de saúde.

Os tônicos são mais seguros por não serem totalmente absorvidos pelo organismo e serem aplicados nas áreas necessárias. Geralmente são produzidos em concentração de 2% a 5%.

Não deve ser aplicada em áreas feridas, irritadas ou sensíveis. Não pode se expor ao sol após o uso do produto.

Não é aconselhado que o medicamento seja aplicado no rosto, pois ainda não há estudos que explicam qual seria o resultado de tal aplicação.

Tratamento

O produto deve ser aplicado diretamente nas áreas desejadas 2 vezes ao dia, como por exemplo, de manhã e a noite.

O tempo de tratamento varia de pessoa para pessoa, os resultados podem ser vistos na maioria das vezes nos primeiros 2 ou 3 meses. Em alguns caso, só é possível percebe-lo após 4 meses.

Prescrição médica

Em comprimidos, o Minoxidil deve ser prescrito por um médico. Ele poderá analisar seu quadro por completo e avaliar se existem riscos no uso do mesmo. Só assim você terá sua garantia de eficácia e segurança no tratamento. No geral, o Minoxidil não é receitado para uso oral.

Minoxidil para mulheres

O Minoxidil também é indicado para mulheres. Existem marcas importadas específicas para o público feminino, inclusive o Minoxidil para mulheres manipulado aqui.

O Minoxidil 5% por ser mais concentrado, e por consequência mais forte, acredita-se que o medicamento pode estimular o desenvolvimento de pelos pelo rosto da mulher. Esses pelos são quase imperceptíveis e caem com tempo. Não tem com que se preocupar.

Em caso de gestante ou em período de amamentação, é preciso consultar um medico especializado, já que não é aconselhado o uso nesses casos.

Antes e depois

minoxidil-antes-e-depois-feminino minoxidil-resultado-mulher

Minoxidil para homens

Homens com alopecia androgenética (com início de 5 anos ou menos), na recuperação de áreas atacadas em episódios de alopecia areata, eflúvio telógeno e tricotilomania ou desejo de cabelos e barbas maiores podem apostar no uso.

Antes e depois

calvicie-queda-de-cabelo minoxidil-calcivie-antes-e-depois

Veja algumas imagens de antes e depois acima e comprove que o Minoxidil realmente funciona.

Efeitos Colaterais do Minoxidil

A maioria dos efeitos colaterais aparece na fase inicial do tratamento. E segundo pesquisas mundiais, apenas 2% das pessoas que fizeram uso da medicação apresentaram reações. Ou seja, muito raro acontecer.

A coceira e a irritação na área que recebe o composto são os efeitos mais comuns. Caso essas reações durem por mais de 2 meses, é aconselhado a suspensão do medicamento.

Na versão de 5% que contém álcool, pode causar irritação ou desconforto nos olhos. Se por algum descuido o líquido escorrer para os olhos, lave com água fresca e corrente, depois consulte um dermatologista o mais rápido possível.

Em caso de uso oral ou super dosagem pode causar fraqueza, dor de cabeça, sensação de aperto no coração, vertigem e/ou suor nas mãos e nos pés.

Contraindicação

Mulheres grávidas ou lactantes não devem fazer uso do medicamento sem prescrição médica.

Crianças não podem usá-lo de jeito algum. Pessoas com pressão normal ou baixa, não devem usar a versão em comprimidos.

Pessoas com alergia ao produto ou a algum de seus componentes também não pode fazer uso.

 

Perguntas e respostas

duvidas minoxidil

  1. Posso aplicar nas sobrancelhas ou cílios?

Sim, inclusive existe a versão do Minoxidil para sobrancelhas aqui.

  1. Causa impotência?

O Minoxidil não tem qualquer ligação ou causa com a disfunção erétil. Mito!

  1. Funciona para a barba?

Sim! Existem resultados fantástico no uso do Minoxidil para crescer barba. Inclusive para quem não tem barba, é uma ótima escolha.

  1. É uma loção para a barba?

Sim, a loção de Minoxidil para barba vem em gel para facilitar a aplicação.

  1. Faz cair cabelo?

Na fase inicial sim. Acredita-se que o Minoxidil estimula a queda dos fios frágeis para que depois cresçam mais fortes e saudáveis. Esse efeito é temporário e não dura mais que 1 mês.

  1. Faz mal? É perigoso?

Desde que não use a versão em comprimido, dificilmente vai causar algo que prejudique o paciente.

  1. É injetável?

Não. É possível encontrá-lo em comprimidos, creme, gel, tônicos e loções com conta-gotas.

 

Sem comentários

Dúvida? Opinião? Escreva um comentário